Adesão à AEPSA

Nos termos dos Estatutos e do Regulamento Interno, as empresas para serem associadas devem preencher cumulativamente as seguintes condições:

  • Serem de Direito português;
  • Terem gestão autónoma em Portugal;
  • Terem capital social maioritariamente constituído por capitais privados;
  • Apresentarem um curriculum que ateste a sua atividade no Sector do Ambiente.

A instrução do processo de adesão requer, ainda, cópias dos Estatutos atualizados e do Relatório e Contas, acompanhadas da proposta de adesão.

A admissão dos membros far-se-á por deliberação da Direção, antecedida de parecer do Conselho Consultivo.

Concretizado o processo de adesão à AEPSA, haverá lugar ao pagamento de jóia e de uma quota mensal, em função do volume de faturação da empresa, conforme os escalões previstos no Regulamento Interno:

a) Até ao montante de 1.000.000 milhão 50 euros
b) De 1.000.001 a 10.000.000 milhões 100 euros
c) De 10.000.001 a 25.000.000 milhões 200 euros
d) De 25.000.001 a 50.000.000 milhões 300 euros
e) Montante superior a 50.000.001 milhões 400 euros

 


O pagamento de jóia corresponde ao valor de uma quota mensal.